Evangélico faz grande descoberta matemática

Matemática - Números primos

O diácono Jon Pace, usando o computador de uma igreja evangélica nos Estados Unidos, descobriu o maior número primo já visto até hoje, com 23.2 milhões de dígitos de comprimento.

O tal número é representado assim:  2 77.232.917 - 1

Aficionado por Matemática, irmão Pace passou os últimos 14 anos tentando encontrar o raríssimo número. O que só foi acontecer no computador da Germantown Church of Christ (Igreja de Cristo Germantown) onde, além de diácono, ele administra a rede de computadores. Profissionalmente, ele trabalha como gerente financeiro de uma grande empresa.

O feito matemático aconteceu em dezembro de 2017 e foi anunciado em janeiro de 2018. A última descoberta do tipo é de 2016, mas a atual tem 1 milhão de dígitos a mais que a anterior. Mais importante jornal norte-americano, o The New York Times destacou o fato em sua edição de 26 de janeiro.

diacono evangelico pace matematica numeros primos

Na entrevista que deu ao diário, ressaltou que seu amor pela Matemática veio através da atuação de um ótimo professor da disciplina que ele teve no ensino médio. o professor sempre o desafiou e estimulou através da matéria e o inspirou na arte de solucionar os mais difíceis problemas e nunca desistir.

Coincidentemente, o primeiro caçador de números primos raros também era cristão: o teólogo católico e matemático francês Marin Mersenne, no século 17.

Um número primo só é divisível por 1 e por ele mesmo. E leva cada vez mais tempo para chegar (e torna-se cada vez mais raro) a um "2n - 1" que seja primo, assim vai se mudando o n até que a fórmula chegue a um número com as características mencionadas.

Pin It